Como construir uma lista de e-mail em 3 etapas simples

Como construir uma lista de e-mail em 3 etapas simples

Anita
Anita
33

Construir uma lista de marketing por e-mail não é o que eu chamaria de tarefa simples considerando o esforço inicial para recompensar a taxa.

O que quero dizer com isso é que simplesmente não decidi o que queria fazer com a minha vida enquanto faria um cadastro por e-mail para ela e o veria crescer. Pensou-se muito mais no processo para direcionar as pessoas certas e realmente lhes oferecer um incentivo suficientemente valioso para elas se tornarem assinantes de e-mail e, eventualmente, um cliente.

Não deixe isso assustar você.

Pode exigir o seu esforço – mas, a recompensa em longo prazo pode ser enorme e com até mesmo a inclusão de um fluxo de renda global automatizado.

E o lado bom é que os passos são bem diretos e reproduzíveis em quase todos os nichos.

3 Simples etapas para construção de sua lista de e-mail

Como o guru de marketing Neil Patel diz, construir uma lista de e-mail realmente se limita a três simples etapas.

  1. Escreva uma postagem no blog
  2. Crie uma parte do conteúdo que seja mais aprofundada ao tópico da postagem do blog (isso é chamado ímã de atração)
  3. Ofereça aos leitores de seu blog a opção de receber o conteúdo atualizado (ímã de atração) em troca de seu e-mail.

Simples, certo?

Mas, aquela pequena palavra que mencionei acima – nicho – bem, essa é a parte que vai fazer toda a diferença.

Você deve ter um nicho com o qual iniciará este processo – mas saiba que este nicho é a verdadeira chave para o sucesso.

A diferença entre ter e conhecer o seu nicho

Agora, vou supor que a maioria de vocês que está lendo isso provavelmente já tem um nicho.

Quer seja uma ideia para uma empresa que você está planejando começar ou aquela paixão que você já escolheu e caiu de cabeça, eu vou começar com as interrogações para descobrir como será sua empresa e como obter coisas boas:

O conteúdo atrairá as pessoas e as direcionará para se inscreverem em sua lista de e-mail.

O maior erro que você pode cometer é assumir pretenciosamente que você conhece o seu nicho e criar um conteúdo em torno do que você acha que seu público quer ouvir.

Ao fazer isso, você pode criar um conteúdo perfeito em um tópico no qual você está interessado – mas o fato é que, como proprietário de uma empresa e como alguém que vende para grandes massas nesse nicho, o seu público não é você.

E você pode se surpreender quando descobrir o que eles realmente querem.

Crie o conteúdo que seu público quer

O primeiro passo para criar conteúdo, não é trazer uma lista de tópicos que venham ser de interesse do seu público. Na verdade, seria perguntar ao seu público o que eles querem.

Este tipo de levantamento pode ser feito de várias maneiras. Uma das melhores que eu descobri é criar um avatar – basicamente um modelo do seu cliente ideal. O Entrepreneurs on Fire, oferece um ótimo guia gratuito para a criação de um avatar.

Em seguida, saia e encontre exemplos reais do seu avatar e faça perguntas para eles. Se você já criou uma mídia social, isso fica ainda mais fácil. As pessoas que seguem você já expressaram interesse em seu nicho.

Portanto, use histórias do Instagram, postagens no Facebook ou qualquer outro meio de comunicação para fazer perguntas.

Faça as perguntas certas

Ao se comunicar com seu público, você precisa fazer perguntas que não apenas permitam que o conteúdo de interesse deles seja produzido, mas, na verdade, permita a você ajudá-los a resolver um problema.

perguntas, tomada de decisão ou conceito de incerteza – uma pilha de notas autoadesivas coloridas amassadas com pontos de interrogação

Muito mais pessoas estão dispostas a dar algo a você (dinheiro, e-mails, etc.) em troca de possíveis soluções para seus problemas, em comparação com aquelas dispostos a pagar simplesmente por interesse, mas sem progresso.

Então, pergunte às pessoas quais das suas maiores dificuldades estão no seu nicho. Se você tem um site sobre a dieta cetogênica, por exemplo, peça às pessoas para listarem a maior luta que experimentam por estarem fazendo essa dieta. E pergunte como seria a vida dela se elas conseguissem superar essa luta.

Isso dá a você um ponto inicial e final. “Você está enfrentando o problema X e quer estar na situação Y – meu conteúdo lhe dirá como fazer isso.”

Ah, e certifique-se de deixar as perguntas em aberto. Questões de múltipla escolha implicam em respostas tendenciosas. Você pode se surpreender ao descobrir as reais dificuldades do seu público, que não estavam sendo consideradas.

Simples assim.

Em seguida, crie um conteúdo discutindo o problema. Explique, em sua postagem no blog ou na página, o que eles podem fazer para solucionar o problema. Mas não explique como fazer.

Para obter essa informação, eles precisam se inscrever em sua lista de e-mail.

Envolva seu público

Depois de obter o endereço de e-mail de um cliente em potencial, envie imediatamente o ímã de atração prometido.

Tente incluir o máximo de soluções práticas gratuitas que podem realmente ajudar o seu problema. Usando esse método, eles transformarão você em um recurso valioso que eles mesmos estão realmente usando em sua própria vida, o que vai criar confiança, uma vez que eles começam a ver os resultados.

Após a inscrição inicial, você deve manter sua lista o mais envolvida possível. Isso significa lhes fornecer, pelo menos, e-mails semanais. Usar qualquer um dos melhores serviços de marketing por e-mail ajudará você a não apenas enviar e-mails, mas também ver análises para garantir que suas mensagens estejam fazendo exatamente o que você quer que elas façam. Depende realmente da quantidade de informações que você tem a oferecer e do seu nicho específico, porém, quanto mais eles estiverem abrindo e clicando no conteúdo, é um bom sinal.

Tenha em mente que e-mails sempre devem ser divertidos para ler e os mantenham relativamente sucintos. Não forneça muito conteúdo em seus e-mails. Você descobrirá que e-mails curtos tendem a alcançar melhor o seu público-alvo que e-mails longos. Você pode ter certeza de que a maioria dos leitores não gostará de abrir um e-mail com 1.000 palavras de conteúdo educacional seco.

Para manter as coisas engrenadas, muitos especialistas defendem um tipo de escrita simpática e apropriada em seus e-mails, ao mesmo tempo em que vai direto ao ponto. Dave Dee, outro guru do marketing por e-mail, aconselha a escrever seus e-mails como se estivesse falando com um amigo ou parente distante.

Esse estilo de escrita criará um vínculo entre seus assinantes e o conteúdo que está por vir, permitindo que eles aguardem o próximo e-mail, condicionando assim o público a sempre abrir suas mensagens para uma leitura rápida e divertida!

Transforme o envolvimento em receita

Então, você criou sua lista de e-mails, engajou seu público-alvo e tem pessoas interessadas em sua empresa e no que ela faz… e agora?

Agora é hora de transformar seus leais leitores em clientes e começar a gerar receita!

As campanhas podem parecer muito diferentes e podem ser executadas em vários intervalos. Alguns especialistas recomendam seis semanas entre as campanhas, enquanto algumas empresas de sucesso como a Udemy, a plataforma de ensino, parecem estar realizando vendas infindáveis em seus cursos.

A melhor maneira de projetar sua primeira campanha é usar aquelas que comprovadamente funcionam nos nichos. Ezra Firestone ensina o passo-a-passo de campanhas por e-mail através do seu site Smart Marketer, juntamente com modelos que você pode direcionar para o seu público. Comece com modelos e faça ajustes à medida que você coleta dados.

Dica profissional: inscreva-se nas listas de e-mail da concorrência. Monitore seus estilos de campanhas de e-mail e com qual frequência elas estão sendo veiculadas. Essa tática lhe dará ideias para ajustes específicos do seu nicho.

Eventualmente, com o uso do teste de e-mail A/B, você poderá testar variações nas campanhas escolhidas para alcançar o design perfeitamente adequado ao seu público e aumentar as conversões.

Quando chegar a este ponto, você terá sua fórmula perfeita para criar uma lista de e-mails, envolver seus inscritos e transformar esses assinantes em clientes!

 


https://neilpatel.com/blog/quick-email-marketing-lists/

https://www.eofire.com/defining-your-avatar/

https://davedee.com/

https://smartmarketer.com/

33 palmas
Aplauda o post se você o achou útil!

Algum comentário?

0 de no mínimo 100 caracteres
Campo Obrigatório Maximal length of comment is equal 80000 chars Comprimento mínimo do comentário é 100 caracteres

Receba apenas um e-mail por mês e leve suas habilidades para o próximo nível.

Inscreva-se agora!

Nós analisamos todos os comentários de usuários dentro de 48 horas, para garantir que eles sejam provenientes de pessoas reais como você. Estamos felizes que tenha achado este artigo útil - ficaríamos agradecidos se você o compartilhasse com outras pessoas.

Compartilhe seu comentário com amigos e colegas de trabalho agora mesmo:

We check all comments within 48 hours to make sure they're from real users like you. In the meantime, you can share your comment with others to let more people know what you think.

Uma vez por mês, você receberá dicas, truques e dicas interessantes e perspicazes para melhorar o desempenho de seu site e alcançar suas metas de marketing digital!