NDAs – Por que é essencial que seus freelancers assinem um

NDAs – Por que é essencial que seus freelancers assinem um

Olivia Hanlon
Olivia Hanlon
40

Contratar um freelancer é uma das melhores formas de impulsionar os seus negócios. Isso permite que você expanda as ofertas da sua empresa e atenda a uma carga de trabalho crescente, sem exigir todo o esforço, compromisso e despesas da contratação de um novo funcionário. E hoje, os melhores sites freelancers criaram acesso rápido e fácil a excelentes talentos temporários em uma ampla gama de setores.

No entanto, assim como um funcionário em tempo integral assinaria um NDA (acordo de confidencialidade), você precisa tomar as mesmas medidas e precauções com um freelancer. Isso é importante para a proteção de seus negócios, clientes e materiais da empresa.

Um NDA é essencialmente um contrato privado e legal entre duas partes. Ele descreve as informações e o conhecimento que ambas as partes podem compartilhar umas com as outras e o que é restrito a terceiros. Este é um documento que pode beneficiar tanto a empresa quanto o freelancer (ou funcionário) e promove transparência e compreensão no âmbito do relacionamento comercial. Certifique-se de que a sua empresa exija que os freelancers assinem um contrato antes que qualquer coisa seja trocada, principalmente dinheiro ou materiais confidenciais ou patenteados.

Quais características tornam um NDA confiável?

É imperativo que as empresas garantam que todas as informações da empresa sejam adequadamente protegidas. Existem inúmeros empregadores que usam NDAs incompletos ou não confiáveis, o que, no final das contas, não beneficia ninguém e pode causar muita dor de cabeça desnecessária.

Conhecendo os recursos que tornam um NDA forte, claro e confiável, você pode proteger efetivamente a sua empresa (ou, se for freelancer, as suas ideias e produtos) tanto agora como no futuro. Isso é tão importante para um empregador quanto para alguém que trabalha no Freelancer.com ou no Fiverr. Conhecer os aspectos críticos de um NDA permitirá que ambas as partes divulguem informações confidenciais com segurança, sem se preocupar com a possibilidade de serem usadas ou aproveitadas inadequadamente.

  • A identificação das partes é crucial. O NDA deve identificar claramente todas as partes envolvidas, independentemente de haver duas ou 20. Como freelancer, você deve garantir que você e a empresa para a qual trabalha como freelancer estejam no NDA. Como empregador, você deve fornecer o nome ou a agência do freelancer e garantir que ele esteja escrito corretamente no documento. Sem essa informação, o NDA é essencialmente inútil.
  • A definição de “confidencial” é outro elemento-chave, pois isso, pode ser diferente em todo o mundo e em todas as empresas. Você pode ter assinado um NDA no passado de um empregador que tinha algo muito diferente em mente. Por exemplo, o freelancer não tem permissão para compartilhar materiais da empresa ou eles estão impedidos de falar sobre todo o trabalho? Como empregador, você pode ter expectativas específicas em relação à privacidade, e qualquer freelancer que trabalhe para você precisa estar ciente disso.
  • Todos os termos do acordo devem ser incluídos. Isso permite que todas as partes compreendam as profundezas do contrato e o que elas são contratualmente obrigadas a fazer. Se for relevante para o trabalho, você pode optar por adicionar um parâmetro de tempo ao seu NDA que indique por quanto tempo as informações ou materiais entre as partes devem ser mantidos confidenciais. Isso poderia ser qualquer coisa entre seis meses após o término do contrato até mais de 15 anos. Você também deve descrever com precisão a propriedade de quaisquer produtos desenvolvidos pelo freelancer e de que forma a empresa pode usar e distribuir esses materiais.

Principais razões pelas quais você deve usar NDAs para o trabalho online

A maioria das plataformas de contratação freelance, mesmo aquelas como Upwork e Guru, que existem há mais de 15 anos, surpreendentemente não exigem que empregadores ou freelancers assinem um NDA antes do início de um contrato. Em vez disso, esse processo é deixado para as duas partes resolverem por conta própria.

Infelizmente, algumas empresas podem não estar muito familiarizadas com esse processo e, como resultado, podem negligenciar a inclusão de informações absolutamente essenciais para a parceria comercial. É responsabilidade de ambas as partes usar um NDA, pois ele protege todos os envolvidos.

  1. Ele permite que ambas as partes discutam as políticas pessoais e da empresa sabendo que as suas informações estão seguras com as outras.
  2. É um acordo mútuo entre as partes que as informações permanecerão confidenciais, mesmo após o término do contrato.
  3. Isso mostra que, como empregador ou freelancer, você se preocupa genuinamente com a outra parte e com o envolvimento dela no contrato, incluindo o direito de expressar como se sente se estiver insatisfeito ou não quiser continuar o relacionamento comercial.
  4. Ele economiza dinheiro em longo prazo, pois informações confidenciais vazadas podem custar caro para um empregador e até prejudicar a sua reputação.

Riscos de não ter um NDA

Dependendo da informação que é compartilhada entre o cliente e o freelancer, pode haver alguns riscos enormes para ambas as partes. Alguns riscos de não ter um NDA incluem:

  • Nenhuma aplicação das regras do contrato.
  • Nenhuma consequência aplicada se forem quebradas as regras por qualquer das partes.
  • Não há requisitos claros do que se espera de ambas as partes.

Este é um tópico com o qual eu posso me relacionar pessoalmente. Um ano ou mais atrás, eu tinha uma posição de freelancer em andamento escrevendo artigos para um cliente. Não havia nenhum NDA que tivesse sido assinado quando o contrato começou. Na época, eu não sabia dos riscos de não assinar um. Após cerca de seis meses, descobri que o cliente estava usando o meu trabalho em outros sites que não os que originalmente concordamos. O meu trabalho estava sendo dividido em partes e publicado sem nenhum crédito ou compensação. Sem um NDA, eu não tinha recursos e fui forçado a terminar o contrato quando o cliente não estava disposto a cooperar.

Os NDAs são essenciais para o relacionamento cliente-freelancer

Se você é um empresário ou um freelancer, ter um NDA pode parecer um processo chato e desnecessário que pode retardar o início de qualquer trabalho real. Normalmente, depois que o NDA é assinado, ele nunca mais aparecerá na conversa. Mas há sempre essa pequena possibilidade de que se torne uma necessidade absoluta, sem a qual uma enorme quantidade de tempo e dinheiro poderia ser perdida. É como um seguro: você nunca espera que você precise, mas, se precisar, ficará muito feliz de ter um.

40 palmas
Aplauda o post se você o achou útil!

Algum comentário?

0 de no mínimo 100 caracteres
Campo Obrigatório Maximal length of comment is equal 80000 chars Comprimento mínimo do comentário é 100 caracteres

Receba apenas um e-mail por mês e leve suas habilidades para o próximo nível.

Inscreva-se agora!

Nós analisamos todos os comentários de usuários dentro de 48 horas, para garantir que eles sejam provenientes de pessoas reais como você. Estamos felizes que tenha achado este artigo útil - ficaríamos agradecidos se você o compartilhasse com outras pessoas.

Compartilhe este post com amigos e colegas de trabalho agora mesmo:

We check all comments within 48 hours to make sure they're from real users like you. In the meantime, you can share your comment with others to let more people know what you think.

Uma vez por mês, você receberá dicas, truques e dicas interessantes e perspicazes para melhorar o desempenho de seu site e alcançar suas metas de marketing digital!

© 2019 WebsitePlanet.com. Todos os direitos reservados