1. Website Planet
  2. >
  3. Blog
  4. >
  5. Anatomia de uma boa landing page

Anatomia de uma boa landing page

Mark Holden
Mark Holden
11 de Setembro de 2018
37

Seth Godin, rei do marketing, foi feliz quando disse que “landing pages são o novo marketing direto, e qualquer pessoa que possua um site é um profissional de marketing direto”. Afinal, as landing pages normalmente são o primeiro contato das empresas com seus públicos, o que as torna ferramentas de conversão altamente valiosas – caso sejam de qualidade.

Dessa forma, o que torna uma landing page boa? O que faz uma delas ser bem-sucedida, enquanto a outra fracassa? Como as empresas podem criar uma landing page capaz de oferecer as melhores chances de converter leads potenciais? Vamos conferir a anatomia de uma landing page em detalhes, para que possamos separar os elementos importantes daqueles que não são essenciais. Ao final deste artigo, qualquer indivíduo ou empresa deterá as ferramentas necessárias para criar uma landing page de sucesso.

Itens básicos da landing page

Antes do início do processo de criação, é importante identificar os fatores principais, como objetivos, métricas e público. É ainda fundamental saber a partir de onde virá o tráfego online, pois diferentes locais normalmente exigem diferentes mensagens, frequentemente endereçadas a diferentes públicos. Após a identificação desses elementos básicos, deve-se dar início ao design. Lembre-se das ideias a seguir durante esta fase de desenvolvimento:

Faça mágica com o título

As landing pages precisam atrair e manter a atenção. Uma das formas mais fáceis de fazer isso é através da criação de um título chamativo. Os títulos são normalmente o primeiro elemento que os visitantes conferem; portanto, eles devem entregar mensagens claras, convidativas e sinceras ao público.

Os títulos que contêm falsas promessas ou exageros servem apenas para decepcionar os visitantes e aumentar as taxas de rejeição. Em vez disso, concentre-se nos pontos fortes ou diferenciais do produto. Títulos eficientes são claros, informativos e atraentes. Uma boa forma de atrair os leitores é abordar problemas sofridos por eles: qual dificuldade — real ou imaginária — é abordada pelo produto ou serviço? Qual solução ou perspectiva única ele oferece? Onde estão seus benefícios e valor agregado?

Os títulos da landing page — assim como todo o texto do site — devem ser perfeitos. Sem exceção. Erros gramaticais ou ortográficos podem causar o suicídio das conversões. Essa é a forma mais rápida de acabar com qualquer tipo de confiança – um fator essencial, caso a landing page solicite aos usuários para que forneçam suas informações pessoais. Além disso, os títulos devem ser consistentes com o tom e a comunicação estabelecidos, ou haverá o risco de confundir o público e diluir a imagem da marca.

Evite a ansiedade pelo desempenho da CTA

A CTA (chamada para ação) é provavelmente o elemento mais importante de uma landing page. Ela indica às pessoas o que fazer e as leva ao próximo passo do túnel de conversão. Entretanto, esse é o momento em que o público tende a sair da página; portanto, é essencial dissecar e entender os diferentes elementos que contribuem para seu sucesso ou fracasso. Leve em consideração os erros mais comuns:

  • Muito sobrecarregada: a chamada para ação deve se destacar do resto da página. Frequentemente, os designers exageram nos elementos das landing pages a ponto de fazer a CTA se perder em meio ao ruído. (Falaremos mais sobre isso em breve.)
  • Muito branda: da mesma forma, empresários podem criar botões brandos que acabam se perdendo até mesmo em meio às páginas mais básicas. Escolha cores fortes, tamanhos chamativos ou formatos interessantes para chamar e manter a atenção. Laranja e amarelo têm continuamente superado outras cores em testes A/B; entretanto, isso depende da indústria. O azul, por exemplo, cria uma sensação de segurança e confiança – portanto, um banco obteria mais sucesso com essa paleta de cores –, enquanto que o roxo é uma cor calmante, ideal para um spa ou produto antienvelhecimento.
  • Muito baixa: outro equívoco visto com grande frequência nas landing pages é o posicionamento da CTA em um ponto muito baixo na página. A chamada para ação deve ficar acima da dobra, para que os leitores não precisem descer a tela para descobrir o que fazer em seguida.
  • Muito genérica: evite CTAs que não sejam atraentes ao público específico. “Clique aqui” é uma CTA decepcionante que não irá motivar ninguém a dar o próximo passo. As CTAs devem instilar um senso de urgência e necessidade que seja capaz de inspirar o indivíduo a clicar. Use quaisquer dados disponíveis do consumidor para determinar as melhores palavras-chave ou verbos de ação para o público específico. “Adquira sua apostila de truques grátis” pode ser atraente para sites de jogos, mas provavelmente não funcionará no site de um conselheiro financeiro. Considere o público e aquilo que os motiva.

Anatomia de uma boa landing page

Mantenha o design em mente

Uma landing page é como uma foto — caso não seja atraente, as pessoas não ficarão para apreciá-la. No geral, as pessoas gostam de páginas com design simples e despoluído. O excesso de elementos competindo pela atenção de um indivíduo pode sobrecarregá-lo e resultar em altas taxas de rejeição. Resumindo, evite as distrações e mantenha as coisas limpas, claras e simples.

Um elemento de design particularmente importante a ser considerado nas landing pages é a quantidade de hyperlinks. O excesso de links distrai os leads do objetivo geral da landing page. Para melhores resultados, certifique-se de que a landing page esteja orientada para uma única ação, página ou objetivo específico.

Adicione interesse e interatividade à landing page através da incorporação de vídeos e imagens, mas somente aqueles que forem relacionados ao produto ou serviço. Isso não apenas chamará a atenção dos visitantes, como os incentivará a conhecer mais sobre a empresa ou produto – e os guiará em meio à jornada de vendas.

Confira alguns dos melhores criadores de landing page aqui!

Incorpore elementos de confiança

Adicionar um elemento de confiança a uma landing page é uma maneira fantástica de instilar confiança na marca. Em um estudo, a ACLens inseriu o símbolo da VeriSign em sua landing page e observou uma elevação imediata de 41% nas conversões, com 58% de aumento na receita por transação. Embora seja importante manter a homepage o mais limpa e legível possível, um pequeno ícone ou verificação ocasional pode fazer uma diferença significativa.

Desenvolva diferentes versões

Um grande equívoco cometido frequentemente pelas empresas é tentar fazer com que a landing page cumpra muitas funções diferentes. Isso resulta em uma grande bagunça – pouco atraente, confusa e difícil de navegar. E, sinceramente, trata-se de uma medida preguiçosa. Quem realmente leva as taxas de conversão a sério deve criar uma landing page exclusiva para cada subseção, categoria e produto de seu site, em prol de um visual elegante e de uma jornada mais intuitiva possível.

Elementos pouco importantes

Nós relacionamos os elementos essenciais de uma landing page bem-sucedida, mas também é fundamental evitar aquilo que possa parecer importante, embora não o seja. Muitas empresas enfatizam excessivamente os elementos a seguir, quando realmente deveriam concentrar suas energias na criação de CTAs fortes e na melhoria da jornada do consumidor.

  • Tamanho: geralmente, conteúdos mais curtos são ótimos para compras por impulso ou decisões rápidas, enquanto landing pages mais extensas ajudam nos processos de decisão mais complexos — mas esse nem sempre é o caso. As landing pages eficazes se concentram mais em oferecer aos clientes o que eles desejam – e menos no número de palavras ou no tamanho da página.
  • Inscrições: quando falamos na tentativa de ampliar o número de assinantes, deixar o campo de inscrição marcado previamente pode parecer como uma medida óbvia. No entanto, é melhor deixar o campo desmarcado e permitir que as partes interessadas decidam se inscrever por conta própria. Isso garante leads de qualidade e interessados.
  • Coleta de informações: os anunciantes sempre tentam obter o máximo de informações possível dos leads, mas esse processo pode ocasionalmente fazer mais mal do que bem. Na verdade, é mais importante manter a concisão do que tentar coletar todas as informações possíveis sobre um cliente, o que pode causar grande decepção e interromper o processo de conversão.

Testando, testando, 1, 2, 3

Um elemento da construção da landing page — que muitas empresas se esquecem de considerar — ocorre após o lançamento da página. O trabalho não se encerra depois que a página vai para o ar; na verdade, as decisões mais importantes frequentemente ainda estão por vir. Para maximizar a conversão da landing page, é essencial obter o máximo de informações possíveis ao longo do caminho.

Como fazemos isso? Testando! Assim que a página estiver no ar, deixe-a trabalhar e colete os dados sobre conversões, taxa de rejeição, cliques, etc. Ao mesmo tempo, teste outras landing pages similares para ver quais elementos são mais eficazes na conversão. A regra de ouro dos testes A/B é fazer pequenas alterações. Se a página for muito modificada, será impossível localizar quais elementos tornaram a página mais ou menos bem-sucedida. Portanto, faça ajustes sutis na landing page, teste-a e descubra.

Faça testes de forma frequente, constante e contínua. Essa é a maneira de obter o máximo de informações e, em última instância, fazer os ajustes necessários para garantir que as landing pages sejam o mais eficientes possível.

Crie landing pages que funcionam

Embora cada indústria, nicho e empresa mantenha seus próprios conjuntos de regras para criar campanhas bem-sucedidas, existem algumas regras essenciais que se aplicam a todas as landing pages. Mantendo o foco nesses elementos básicos, indivíduos e empresas podem criar as landing pages mais eficientes para seus públicos específicos. Isso definitivamente exigirá tempo e esforço, mas a recompensa pode ser enorme.

37 palmas
Aplauda o post se você o achou útil!

Algum comentário?

0 de no mínimo 100 caracteres
Campo Obrigatório Maximal length of comment is equal 80000 chars Comprimento mínimo do comentário é 100 caracteres

Nós analisamos todos os comentários de usuários dentro de 48 horas, para garantir que eles sejam provenientes de pessoas reais como você. Estamos felizes que tenha achado este artigo útil - ficaríamos agradecidos se você o compartilhasse com outras pessoas.

Compartilhe este post com amigos e colegas de trabalho agora mesmo:

We check all comments within 48 hours to make sure they're from real users like you. In the meantime, you can share your comment with others to let more people know what you think.

Uma vez por mês, você receberá dicas, truques e dicas interessantes e perspicazes para melhorar o desempenho de seu site e alcançar suas metas de marketing digital!

Que bom que você gostou!

Compartilhe com seus amigos!

© 2019 WebsitePlanet.com. Todos os direitos reservados