Nosso site contém links para sites afiliados, e recebemos uma comissão de afiliado a cada compra realizada no site afiliado através de cliques em links em nosso site. Saiba mais. Nossas avaliações não são influenciadas pela participação nesses programas.

AVALIAÇÕES E OPINIÃO ESPECIALIZADA Mailchimp

Ben Sarid Ben Sarid Especialista em e-mail marketing

Infelizmente, o famoso Mailchimp não correspondeu às minhas expectativas. Minha lista de queixas inclui recursos decepcionantes, modelos de e-mail antiquados que parecem pertencer mais aos anos 90, automações fracas, um chat ao vivo inoperante que está sempre “atualmente indisponível” e preços pouco atraentes. Se você está procurando uma solução profissional de marketing por e-mail, eu recomendo que você confira os planos acessíveis da Benchmark.

Visão Geral

A Qualidade do Mailchimp Corresponde a sua Popularidade?

Um grande comediante disse certa vez: “Os animais podem ser nossos melhores amigos, mas não vão buscá-lo no aeroporto”. Isso ajuda a entender o Mailchimp. Ele parece um serviço superacessível, desenvolvido por uma das melhores equipes de design de toda a internet. Mas no momento que você precisar fazer algum trabalho pesado, a plataforma não será capaz de ajudá-lo.

Você pode estar pensando: “Como assim? Todo mundo gosta do Mailchimp!” Calma, existe uma explicação muito fácil para isso. O Mailchimp permite que você abra uma conta gratuitamente e continua sendo gratuito enquanto você mantiver sua lista de e-mails com menos de 2.000 contatos.

Mas na verdade cabe a velha frase “o barato sai caro”.

Você tem interesse em expandir sua base de assinantes além de seu próprio círculo social? Está interessado em aproveitar as análises avançadas para maximizar o engajamento do leitor? Ou em automatizar as tarefas e evitar o trabalho pesado?

Isso tudo se enquadra em “buscá-lo no aeroporto”. É praticamente impossível fazer qualquer uma dessas coisas com o Mailchimp e quanto mais você tenta, mais você vai pagar por esse serviço no longo prazo.

Continue lendo este artigo para entender exatamente o porquê ou apenas dê uma olhada nossa lista dos melhores serviços de e-mail marketing para ter soluções de marketing mais baratas e confiáveis.

Recursos

4.0

A Beleza Exterior Esconde um Serviço Mal Projetado

Ao acessar a página inicial do Mailchimp com o objetivo de me cadastrar e poder fazer este review, estava bastante animado. A página inicial da empresa ganhou prêmios por sua interface e experiência perfeitas do usuário. Eles ensinam nas escolas. E realmente é ótimo. Um colega que estava passando atrás de mim enquanto eu trabalhava disse: “Nossa! Que coisa linda!”

Minhas expectativas eram com certeza as mais altas, então imagine minha surpresa quando, depois de me inscrever no plano Essentials, tudo que tive foi bug após bug, recursos incompletos e templates mal projetados.

Campanhas de e-mail, Modelos e Personalização

Tudo começou com uma mensagem de erro. Uma experiência que me lembra um pouco a época em que Bill Gates apresentou a nova versão do Windows, apenas para que esta travasse durante a apresentação. Não tenho certeza de quem é Bill Gates nesta analogia.

Mailchimp error message
Minha primeira experiência com o Mailchimp foi uma mensagem de erro.

“Parece que houve um problema”? Sim, eu diria isso mesmo. Tive que excluir meus cookies, limpar meu histórico de navegação, tentar outro login e em seguida, confirmar minha identidade devido a um comportamento “suspeito” de minha parte.

Quando o painel principal finalmente carregou, suspirei aliviado. Ele foi bem projetado e oferece uma ótima combinação de usabilidade e identidade de marca. Criar uma nova campanha de e-mail é bastante simples, bastando clicar em “Criar” e escolher a opção de e-mail. Tudo funciona exatamente como você imagina – escolha o endereço do remetente, adicione o público, crie o assunto (título) e o seu conteúdo.

Abordarei esse assunto mais detalhadamente quando falarmos em Preços, mas saiba que o Mailchimp limita o número de e-mails que você pode enviar e também o número de contatos que podem ser adicionados. São 5.000 e-mails e 500 contatos no plano Essentials. Não encontrei nenhum outro serviço que limite os dois. Geralmente são contatos limitados e e-mails ilimitados. Inclusive na maioria dos serviços é permitido o dobro do número de contatos.

Existe a possibilidade de integrar sua conta Mailchimp com plataformas de mídia social, como Facebook, Instagram, Twitter e simultaneamente publicar o conteúdo do seu e-mail em cada um desses canais. As integrações de Analytics incluem Google Analytics e ClickTale, que você provavelmente irá ignorar, pois esses serviços de terceiros demoram muito para serem configurados.

Um recurso muito interessante e que merece menção são as caixas de entrada específicas da campanha do Mailchimp. Você pode ativá-las marcando uma caixa para cada campanha que você criar e o Mailchimp irá organizar automaticamente todas as respostas para uma campanha específica em uma caixa de entrada especial. Isso torna muito mais fácil manter contato com seus assinantes e demonstra que existiu uma preocupação da empresa em facilitar a experiência real do usuário.

Mas também acho que essa preocupação se encerrou por aqui.

Um aviso estranho apareceu enquanto eu estava criando minha nova campanha. Eu pretendia enviá-la a 13 contatos e estava prestes a fazer a primeira tentativa. Ao pressionar “Enviar”, o Mailchimp me perguntou se eu queria enviar o e-mail para todo o meu público – 24 assinantes na época. Opa. Qual é o certo?

Mailchimp "Review Your Campaign" pop-up
Eu queria enviar meu e-mail para 13 destinatários. Esse pop-up deixou tudo confuso.

Cliquei em cancelar e em seguida verifiquei se eu havia cometido algum erro. Nada errado. Fiz outra tentativa que resultou na mesma discrepância. Isso aconteceu novamente quando tentei criar uma nova campanha. Decidi então arriscar e incomodar meus contatos para poder fazer o teste e enviar assim mesmo. Felizmente, apenas os 13 contatos escolhidos receberam.

Sendo assim, temos um recurso que realmente funcionou como pretendido, mas me deixou preocupado ter alguns elementos não sincronizados na plataforma. Por que isso preocupa? Um bom exemplo no mundo real seria se você quisesse testar um e-mail e enviá-lo para um número determinado de amigos, ao mesmo tempo o Mailchimp lhe diz que toda a sua lista de e-mails irá recebê-lo. Você teria clicado nesse botão?

Dizendo a mim mesmo que pelo menos funcionou como deveria, colocando a mensagem assustadora de lado, aventurei-me na seleção dos modelos (templates). Eu estava pensando que talvez a equipe do Mailchimp tivesse designers brilhantes, mas não os melhores programadores. Com certeza os modelos seriam a melhor parte do serviço.

Não é bem assim.

Estão disponíveis quase 100 modelos, mas infelizmente não posso recomendar o uso da maioria deles. Nem mesmo alguns poucos que têm qualidade, pois eles são sem atrativos em comparação com o que as plataformas concorrentes oferecem. (Veja GetResponse, por exemplo).

Mailchimp email templates
Os modelos de e-mail do Mailchimp parecem ter sido criados nos anos 90.

Eles simplesmente estão completamente desatualizados. Chega a ser ridículo porque depois dos anos 90 nunca mais alguém usaria algo assim. Fiquei observando por muito, muito tempo o “St. Paddy’s Day Banners”, perguntando a mim mesmo se isso era na verdade alguma piada retrô inteligente. Eu acho que não é.

Por outro lado, pelo menos os modelos não são pesados ​​com gráficos HD ou qualquer coisa que possa chegar a prejudicar sua capacidade de entrega. Afirmo sem medo de errar que na parte técnica o Mailchimp tem seguido as melhores práticas. Mas é preciso dizer que o objetivo não é apenas fazer com que seu e-mail seja entregue, mas que também que ele seja lido.

Escolhendo o que considerei o modelo menos ofensivo de todos eles, tentei editá-lo. O editor não é ruim. É baseado em blocos e você pode arrastar e soltar os elementos como caixas de texto e imagens entre os blocos existentes. Além disso, para tornar as coisas ainda mais simples, pode ser exibido em português.

Mailchimp's email editor
À primeira vista, o editor de e-mail do Mailchimp não parecia ruim.

Os problemas apareceram novamente quando procurei ir um pouco mais a fundo. Descobri que o Mailchimp suporta apenas 20 fontes, uma das quais é a temida Comic Sans, popularmente conhecida como a fonte que não deve ser usada. Enquanto outras plataformas de marketing permitem adicionar fontes facilmente por meio do Google Fonts, o Mailchimp não oferece essa opção ao usuário.

O que você pode fazer é adicionar um bloco de código. Normalmente, isso ofereceria suporte a HTML personalizado que você pode adicionar aos seus e-mails, mas também pode ser usado na importação de fontes CSS, se configurado corretamente. Tudo isso soa como algo extraterrestre? Bem, se você deseja que coisas simples como fontes funcionem no Mailchimp, você terá que aprender o que tudo isso significa. Este não é o caso das outras plataformas bem-avaliadas de e-mail marketing.

Desse modo, como todos sabemos, quando chove demais – transborda. Não existe suporte para RTL integrado no Mailchimp. A personalização (usando os dados de seus contatos em e-mails) é limitada à linha de assunto. Supostamente, existe um design muito bom e uma ferramenta de imagens de estoque chamada Creative Assistant que você pode usar para encontrar imagens e brincar com elas adicionando filtros e ferramentas similares. Contudo, fiz várias tentativas que resultaram em erros.

Mailchimp's Creative Assistant - error message
O Creative Assistant do Mailchimp não pode fazer muito para me ajudar, mas ao menos existe acesso à biblioteca Giphy GIF.

Não verdade nem tudo é ruim. Gostei bastante da ferramenta de visualização de e-mail do Mailchimp. Todos os modelos são responsivos em relação aos dispositivos móveis e você pode usar a ferramenta para ver exatamente como seu e-mail será lido na maioria dos sistemas e plataformas disponíveis nos dias de hoje.

Mailchimp's email preview tool
Uma coisa que gostei no Mailchimp foi a ferramenta de visualização de e-mail.

Existe também uma ferramenta bem interessante que faz a verificação de todos os links dos seus e-mails observando se estão preenchidos corretamente e um aplicativo que você pode baixar para visualizar seus e-mails em seu próprio celular.

Antes de prosseguirmos para as listas de e-mail, vamos abordar rapidamente o teste A/B. É uma ferramenta bastante poderosa, permitindo que você teste duas versões de um e-mail em uma pequena porcentagem de seus contatos, e, em seguida, usa a versão vencedora para o resto. O Mailchimp oferece os testes A/B como parte do plano Essentials, mas infelizmente os bugs são abundantes.

Você ficará limitado a uma combinação de três variáveis, mas o painel irá colocá-lo em duas das três variáveis ​​no momento em que você fizer a escolha de uma. Com essa ação ele apagará quaisquer outras variáveis ​​(além da que você escolheu), o que significa na verdade que você ficará com apenas uma variável. Isso talvez seja algum enigma.

Mailchimp's A/B testing tool
Eu não consegui que a ferramenta de Teste A/B fizesse o que eu desejava.

Listas de e-mail e Segmentação

A espinha dorsal de sua operação de marketing são os seus assinantes. Geralmente eles seriam organizados como contatos em listas de e-mail. Você pode então movê-los entre listas (como “usuários engajados” e “usuários não engajados”) de acordo com seu comportamento ou criar listas adicionais que correspondam à origem dos assinantes – uma landing page, uma campanha social, contatos importados e outros.

Este não é o caso do Mailchimp. Aparentemente as listas de e-mails são chamadas de “público” (audience). Mas há realmente uma grande diferença entre os dois. Embora as listas de e-mail possam ser usadas dinamicamente, como acabei de ilustrar, o público do Mailchimp é estático. Um contato não pode ser movido entre públicos. As landing pages são específicas para determinado público e o público ao qual elas conduzem nunca pode ser alterado. Também existe um limite estrito de público – apenas 3 no plano Essentials.

Isso na verdade significa que todos os seus contatos para um projeto irão para um público, o que resulta em uma lista grande e confusa que é bem difícil de gerenciar. A marcação de contatos ajuda um pouco, mas apesar do que o Mailchimp afirma, a marcação não pode substituir listas funcionais separadas. Para piorar ainda mais, existem problemas sérios com muitos dos recursos relacionados ao público-alvo.

Um bom exemplo é visto na importação. Em geral se espera um suporte para muitos tipos de arquivo, de csv a Excel .xlsx, com arquivos de texto e outros. Outras plataformas de e-mail marketing se integram a outros serviços de marketing e CRMs, como o Salesforce, tornando o processo de importação muito fácil e simples.

No caso do Mailchimp, ele oferece suporte apenas para importação através de arquivos .csv e copiar e colar. Minha tentativa de importar a lista .csv correu bem, com o Mailchimp reconhecendo a maioria dos campos (e-mail, nome, sobrenome) automaticamente. Outros campos, como “Data de Nascimento” e “Empresa”, foram necessários configurar manualmente. São pequenos procedimentos que a maioria das outras plataformas não me obrigam a realizar.

Felizmente, o Mailchimp segue o protocolo padrão e exige que você confirme que tem permissão para adicionar os contatos. Não é exatamente o tipo de impedimento de spam mais rígido, mas demonstra compromisso com o protocolo anti-spam e pode deixar os spammers sujeitos a ações judiciais.

Como não é possível criar várias listas, não existem opções, como páginas de inscrição específicas da lista ou páginas de confirmação personalizadas. Isso significa que todos os seus assinantes basicamente passarão exatamente pelo mesmo processo. A segmentação precisa é o que torna as campanhas de marketing bem-sucedidas, mas o Mailchimp não oferece possibilidade de se fazer isso.

Sobre a segmentação de listas. Este é um recurso extremamente útil, pois permite definir regras e filtrar dinamicamente suas listas. Você pode criar novos segmentos com apenas alguns cliques e é muito fácil definir regras que têm a ver com os metadados como idade, data de assinatura, gênero, etc…

Utilizar dados comportamentais para segmentar seu público é um pouco mais trabalhoso. Normalmente, eu definiria uma regra sobre a interação de um contato com uma campanha específica (como “e-mail aberto” ou “clicou em um link específico”).

Mailchimp's segmentation tool
As opções de segmentação do Mailchimp não são suficientes

Isso não pode ser feito através do Mailchimp. Como alternativa você pode escolher entre opções como “Qualquer uma das últimas 5 campanhas” ou “Qualquer campanha enviada nos últimos 7 dias”. Não é específico o suficiente e também não é forte o suficiente. Por que é impossível escolher a campanha que era mais importante para você e trabalhar de acordo com a mesma?

Agora vamos falar sobre higienização das listas, que é o conceito de manter suas listas preenchidas apenas com contatos engajados e de qualidade. As ferramentas que ajudam você a fazer isso incluem algoritmos anti-spam, opções de limpeza manual e listas de usuários não engajadas personalizadas. O Mailchimp não oferece nenhuma dessas ferramentas, então só vamos seguir adiante.

Landing Pages

O Mailchimp permite que você crie landing pages, contudo esse recurso é bastante limitado. Existem apenas 10 modelos, 3 dos quais são mais o que eu consideraria mais um wireframe do que um modelo. Ao menos eles são responsivos em dispositivos móveis e podem ser editados usando o mesmo editor dos modelos de e-mail. Também falta suporte RTL.

Mailchimp's landing page templates
Aqui temos toda a biblioteca de modelos de landing pages do Mailchimp – somente 10 templates.

Pelo lado bom, você não gastará mais do que alguns minutos para colocar uma landing page online e se você conectar um domínio personalizado do Mailchimp, poderá optar por usá-lo como o link.

As opções básicas da landing pages que eu gostaria de ver, que não existem no Mailchimp, incluem a capacidade de decidir o que acontece com os leads gerados na landing page: Como eles são marcados? Em qual lista eles entram? Em vez disso, o que o ocorre é uma grande confusão e para “capturar” esses leads, você terá que criar uma segmentação específica para cada página.

Caso você estivesse planejando usar esse recurso de landing page como base para um webinar, uma página de vendas ou uma página de promoção convincente – isso não irá acontecer. Esses são os funis de clique básicos. Nem mais nem menos.

Automação

Uma boa automação pode mudar toda a experiência do usuário, desde a automação de uma série de e-mails que podem servir como um curso online até mesmo a pontuação automática de seus contatos e o acompanhamento de seu engajamento. É o que realmente separa uma plataforma de marketing por e-mail de um provedor de serviços de e-mail, como, por exemplo, o Gmail.

A automação do Mailchimp não vai mudar a experiência do usuário. Algumas partes dele, como e-mails transacionais, são considerados como serviços complementares que custam mais do que o próprio plano. Outras automações são limitadas, reduzidas basicamente a e-mails de feliz aniversário, um e-mail de boas-vindas personalizado para novos contatos e recuperação de carrinho abandonado.

O Mailchimp denomina sua automação de contato básico como uma automação de “jornada do cliente” e até mesmo isso é limitado no plano Essential.

Mailchimp automations
As automações do Mailchimp são muito limitadas – em comparação a outras plataformas, não há muito que você possa fazer.

Você não pode automatizar a segmentação ou usar automações para limpar suas listas e mantê-las organizadas. O máximo que você pode fazer é configurar que, se adicionar a tag X a um contato, o e-mail Y será enviado.

Ver lista completa de recursos

Entregabilidade

4.6

Quase Tudo que Você Precisa para Maximizar a Capacidade de Entrega

A situação melhora no quesito capacidade de entrega.

Apesar do que você possa pensar, uma boa taxa de entrega depende principalmente de você: a base que você configurou, o conteúdo que você fornece e os contatos que você seleciona. Somente assim o Mailchimp pode lhe dar as chaves para o sucesso, o que acontece neste caso.

Você não encontrará nenhum valor de “taxa de entrega testada” nesta seção, na verdade eles são completamente insignificantes. O que irei abordar são os quatro pilares básicos que espero que todo serviço de marketing por e-mail forneça e como o Mailchimp fornece três deles com sucesso.

O primeiro ponto e o mais importante é a autenticação forte de domínio. Para que seus e-mails sejam entregues, será preciso que você prove, sem qualquer dúvida razoável, que realmente possui o domínio de envio. Não sou eu que digo isso, claro. Eu acredito em você. É para os algoritmos anti-spam avançados que você precisa provar sua legitimidade e o que eles exigem é o DomainKeys Identified Mail ou DKIM.

Vou poupar vocês da conversa técnica, mas saiba que verificar seu endereço de e-mail e domínio não será o suficiente. Você vai querer dar um passo adiante e certificar-se de que seu domínio e conta do Mailchimp são autenticados por DKIM. Há um guia bastante simples para se fazer isso, então se certifique de segui-lo.

Mailchimp's DKIM authentication guide
O Mailchimp possui um bom guia de autenticação DKIM.

O segundo e terceiro pilares da capacidade de entrega são políticas claras e fortemente aplicadas para spam e marketing de afiliados. A razão disso é que você estará compartilhando um IP com centenas de outros usuários do Mailchimp e o que cada um de vocês faz afeta os outros. Se um spammer estiver descontrolado em seu IP, você será colocado na lista negra, não importando se você fez tudo certinho ou não. O marketing de afiliados não é ilegal em si, mas muitos comerciantes de afiliados recorrem ao spam ou mesmo à fraude na tentativa de lucrar. Isso também pode prejudicá-lo muito facilmente.

O Mailchimp geralmente se dá bem em ambas as frentes: spam é, obviamente, proibido nos termos de uso e qualquer denúncia de um spammer (eles podem ser facilmente rastreados) resultará em sua remoção imediata do serviço, o que também acaba lhe protegendo.

Eu gosto de testar as coisas um pouco mais a fundo e é por isso que desenvolvi uma maneira simples de testar o quão proativo é um determinado serviço. Ao enviar um arquivo de lista de e-mails cheio de endereços de spam e encheção de linguiça, posso verificar se o serviço tenta impedir o spam antes mesmo dele acontecer. Isso se parece muito com o que um spammer faria – eles simplesmente carregam uma lista comprada de endereços, que tende a conter muitos e-mails falsos e sem valor algum.

Infelizmente e apesar do fato de serviços concorrentes como GetResponse conseguirem identificar a armadilha, o Mailchimp não estava tão atento. A importação funcionou perfeitamente, tirando alguns pontos do score na avaliação do Mailchimp.

A situação com o marketing de afiliados é melhor do que a maioria dos concorrentes, pois é totalmente proibido aqui. Enquanto outros serviços tendem a permanecer vagos na tentativa de não perder esses clientes em potencial, o Mailchimp é bastante claro sobre esse assunto:

Mailchimp's terms of service
O marketing de afiliados é estritamente proibido no Mailchimp.

O último pilar da capacidade de entrega é a opção de um IP dedicado. Este é com certeza um recurso avançado e geralmente custa caro. Sendo assim, se você tiver condições de pagar, ele pode resolver completamente os problemas potenciais de compartilhamento de um IP com outras pessoas. Entretanto, o Mailchimp não fornece um IP privado. Nem mesmo no plano Premium, que possui um custo mensal bem superior.

Ver todos os recursos de entregabilidade

Análises e relatórios

4.6

Bons Relatórios com Algumas Opções Avançadas

Um bom painel de analytics deve fornecer a análise mais detalhada possível de como suas campanhas estão se saindo. Por experiência própria posso dizer que é surpreendente ver quantas plataformas de marketing por e-mail têm tido sucesso em algumas seções de minhas avaliações, apenas para jogar tudo pro alto quando se trata da seção de analytics. Curiosamente o Mailchimp não se saiu tão mal aqui.

Você poderá abrir um relatório de análise para cada uma de suas campanhas de e-mail e também para algumas das outras ferramentas de marketing que você usaria – como landing pages. Isso é raro de se ver, pois muitos serviços não fornecem relatórios sobre o desempenho de suas landing pages. Os relatórios de e-mail ainda são os mais interessantes, mas vou pegar todos os dados extras que tiver disponível. Os dados levam à otimização e isso se traduz diretamente em monetização.

De qualquer maneira, os relatórios analíticos do Mailchimp são todos projetados de maneira organizada e você pode encontrar facilmente todos os números importantes para taxas de abertura, cliques e rejeição (bounce). Você pode inclusive dividir os resultados de acordo com o domínio dos provedores e ver, por exemplo, se os usuários do Gmail reagiram de maneira diferente dos usuários do Outlook.

É claro que nem tudo é perfeito. Uma ressalva reside no fato de que os hard e soft bounces estão agrupados. Realmente uma pena. Os hard bounces acontecem quando um endereço de e-mail não existe (e precisam ser imediatamente removidos de suas listas). Os soft bounces ocorrem devido a um problema temporário. Não ser capaz de diferenciar entre os dois deixa você na dúvida e sem ter 100% de certeza sobre a integridade de sua lista de contatos.

Mailchimps analytics
As análises do Mailchimp são muito fáceis de se navegar, mas não gosto de como os soft e hard bounces estão agrupados.

Outro problema relacionado com a análise do Mailchimp se refere à falta de dados sobre sistemas operacionais e tamanhos de tela. O conhecimento que você poderia ter adquirido com isso é imenso. Por exemplo, com as taxas de abertura iguais, uma alta taxa de cliques em dispositivos móveis e uma baixa taxa de cliques em computadores são claros indicadores de que algo está errado com a versão para computador dos e-mails que você está enviando. Contudo essa divisão não existe aqui.

O que você encontrará e talvez sirva é uma divisão por localizações. Ser capaz de entender quais mercados estão respondendo aos seus e-mails é uma ferramenta poderosa. Isso permite que você concentre seus esforços onde os retornos são mais altos e pode ajudá-lo a entender quando sua abordagem para determinados mercados precisa ser alterada.

Mailchimp's location analytics
A análise do Mailchimp oferece uma divisão por localização, o que pode vir a ser extremamente útil.

E aqui vai minha última reclamação. Esses relatórios analíticos reúnem alguns dados sérios, mas estão esquecendo a próxima etapa. Agora que você tem as informações, precisa usá-las. É necessário editar imediatamente as pontuações dos usuários de acordo com seu comportamento ou marque os usuários devolvidos como endereços falsos em potencial que precisam ser testados. Tudo isso pode ser feito voltando à seção de Públicos, definindo as regras apropriadas e criando segmentações, mas um quadro analítico realmente funcional evita esse trabalho, porque foi criado pensando em você. Não é bem isso que o Mailchimp oferece.

Ver todos os recursos de dados analíticos

Suporte

3.5

Suporte ao cliente 24/7 que está sempre “Atualmente Offline”

No papel, é possível entrar em contato com o suporte da Mailchimp 24 horas por dia, 7 dias por semana, através de chat ao vivo, e-mail e telefone. Entretanto, infelizmente o suporte ao cliente Mailchimp não está disponível em português.

Além do suporte clássico oferecido, existe também um Helpbot e uma seção de tópicos de ajuda (não traduzida para o português) com guias e tutoriais. Mas isso está tudo no papel. Na realidade tudo depende de vários fatores. Depende do plano que você contratou, depende da hora do dia, depende do alinhamento de Júpiter e Marte, e assim por diante….

Não me surpreende que se você tiver contratado o plano gratuito, terá que confiar principalmente na seção de ajuda. Tudo bem. E o fato de que nos primeiros 30 dias você também pode usar o suporte por e-mail considero justo. A própria seção de ajuda, dividida por tópicos, é bem-feita e organizada, e combinando-a com uma atitude “Sim, eu posso!” pode te levar longe.

O suporte através de telefone, que não é meu favorito, está disponível apenas para os clientes empresariais. Ou seja, clientes que pagam à empresa quase alguns milhares de reais por mês. Pague menos do que isso e seu apoio humano terá que vir por meio de chat ao vivo e e-mail. O que também poderia ter sido ótimo, caso eles respondessem.

O chat ao vivo está inacessível. Tentei por várias horas durante vários dias e recebia a mensagem: “O chat ao vivo não está disponível no momento. O Helpbot está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana.”

Mailchimp support
Todas as vezes que eu procurei utilizar o chat ao vivo do Mailchimp ele estava SEMPRE offline.

Eu achava que o chat ao vivo estaria disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. Não estou dizendo que um serviço que não oferece chat ao vivo não é aceitável, isso até pode ser. Mas prometer chat 24 horas por dia, 7 dias por semana e não estar disponível durante o expediente durante a semana? Isso é simplesmente vergonhoso. Entretanto, se você tiver a sorte de encontrar um representante de suporte disponível, poderá se comunicar em português caso utilize um sistema de tradução automática.

Em vez disso, enviei alguns e-mails aguardando por uma resposta mais rápida e nesse ínterim, recorri ao Helpbot. Não foi tão ruim assim. Claro, eu tive que formular minhas perguntas como se estivesse falando com uma criança e tentar algumas variações diferentes de cada vez, mas isso me guiou na importação de contatos e na criação de uma automação para e-mails de boas-vindas.

Mailchimp's Helpbot
O Helpbot do Mailchimp não substitui o atendimento humano via chat.

A resposta às minhas perguntas por e-mail acabou sendo uma história completamente diferente. Simplesmente não recebi resposta alguma. Parece que meus envios foram … perdidos no correio. A única coisa que recebi foi um e-mail promocional automático da Mailchimp. Incluía histórias de sucesso inspiradas em indivíduos que se destacavam por agir do seu jeito. Acho que eles nunca precisaram de apoio ao cliente.

Piadas à parte, isso é extremamente preocupante. Se as suas necessidades são básicas e seus problemas são padrão, o Helpbot pode ajudar de alguma forma. Mas e se algo sério e inesperado acontecer e você realmente precisar da ajuda deles? Você simplesmente não pode contar com isso.

Preciso dizer que voltei a tentar contato através do chat ao vivo, mas ele continuava indisponível. “Atualmente offline”. Como sempre.

Preço

4.0

É Pagar Mais por Menos

Os preços do Mailchimp geram sentimentos conflitantes. As faixas dos planos são um tanto confusas e foi apenas na base da tentativa e erro que consegui identificar exatamente o que está disponível e o que está bloqueado atrás de um acesso pago. Se você realmente quiser se aprofundar nisso, reunimos uma análise detalhada de todos os planos de preços do Mailchimp para você.

Mas agora fazendo uma versão abreviada sobre o assunto, pesando tudo que eu sei agora, eu posso concluir que o Mailchimp é um serviço caro. Sim, existe um plano gratuito. O plano gratuito que o Mailchimp vem usando há anos para atrair clientes em potencial e fazê-los investir um tempo precioso na configuração do serviço. Depois disso, é muito mais fácil convencê-los de que, considerando tudo, atualizar para um plano pago é uma ideia bem melhor do que trocar de plataforma.

Mas permita-me discordar. A maior parte do seu tempo com qualquer serviço de marketing por e-mail será gasto na configuração. Claro, vá em frente e gaste esse tempo com o plano gratuito de Mailchimp caso as horas de seu trabalho valham menos do que um hambúrguer. Como alguém que valoriza o seu tempo, o que o Mailchimp oferece como opção eu prefiro recusar.

Isso porque, na comparação com quase todos os outros serviços de e-mail marketing, você receberá menos. Enquanto 1.000 contatos se tornaram o padrão da indústria, 500 contatos são o padrão Mailchimp. Você pode adicionar contatos ao seu plano em incrementos de 1.000 para o plano Essentials (ou 2.000 para o plano Standard), mas para ter o dobro dos contatos, esteja preparado para desembolsar o dobro de dinheiro.

Em uma jogada extremamente absurda, o Mailchimp não limitará o seu serviço se você atingir qualquer um desses limites – eles simplesmente cobrarão de você automaticamente. Isso o coloca em sério risco: significa que algumas pessoas mal-intencionadas e com muito tempo disponível podem levá-lo à falência ao se inscrever repetidamente em seu boletim informativo.

Além do mais, o Mailchimp não limita apenas os seus contatos, como é de costume, mas também o número de e-mails que você pode enviar, o que não é habitual. Considere recursos inferiores em toda a linha, complementos pagos como e-mails transacionais – que são vendidos como um serviço separado e um plano básico sem atrativos e você chegará à conclusão rapidamente que para obter o mesmo nível de serviço de outros fornecedores com o Mailchimp, você pagará muito, muito mais caro.

Então, se você quiser gastar um pouco mais de dinheiro, o Mailchimp também lançou suas próprias lojas online com um plano de Sites & Comércio. Inclui uma funcionalidade de reservas de horários para atendimento, você pode criar catálogos de produtos e gerenciar seus pedidos e remessas. Existe um plano gratuito e dois planos pagos. Quanto mais você paga, menores são as taxas de transação que os usuários devem pagar. Claro, é outro recurso para Mailchimp adicionar ao seu monopólio, mas lembre-se de que é mais uma despesa, além de tudo que você já está pagando.

Não há garantia de devolução do dinheiro para clientes insatisfeitos e não há descontos disponíveis para planos de longo prazo. A única maneira de fazer isso são os pagamentos mensais. Se você ainda sente necessidade de gastar seu dinheiro, o Mailchimp também aceita cartões de crédito e PayPal.

Comparação

Como o Mailchimp se compara à concorrência?

Active CampaignFechar4.8Fechar
GetResponseFechar4.7Fechar
MailchimpFechar4.2Fechar
GoDaddy Email MarketingFechar3.7Fechar

Avaliações do usuário

Baseado em 11 avaliações em 5 idiomas
3.7
Seja o primeiro usuário a deixar uma avaliação sobre o Mailchimp em português!
Escreva uma avaliação
Você pode ler avaliações de usuários em outros idiomas
Responder avaliação
Responder
Acessar Mailchimp
reply
pt-br
Erro
onclick="trackClickout('event', 'clickout', 'Visit User Reviews', 'mailchimp', this, true );"
View 1 reply
Ver %d respostas
The worst customer service, they don’t understand, never get issues resolves

I would give them 0 stars if I could. If you think you’ll ever need customer support, don’t use MailChimp. I feel like I’m talking to a wall when I contact their support team and often have to repeat myself. They don’t have phone support. Sometimes the wait for chat support can be up to 15 minutes long. Any time I have an issue, I have to expect I will at least be on chat support for a half hour to 45 minutes going back and forth with them. I also use HubSpot and this is not the case with HubSpot. HubSpot’s support is fast and knowledgeable. I’m feeling very frustrated using MailChimp.

avatar
Mari Sa, EUA
07 de Junho de 2021
1
Convenient letter delivery service

Through Mailchimp, I set up a sales funnel for one of my customers. 1. Convenient analytics system with wide functionality. Easily track conversions and bounce rates. 2. Convenient forms for creating letters and the ability to insert your own code. 3. High-quality anti-spam system.

avatar
Helmut, Rússia
20 de Abril de 2020
5
Every campaign we develop with Mailchimp is a resounding success.

To talk about Mailchimp is to talk about excellence, popularity and at the same time of simple software management. Using this software is simple and from the first moment we run into this program, we easily understand what each of its functions is about. One of them is the possibility of programming emails that monitor each of the purchases made by our customers. This helps us to know what types of tastes are handled among our comparators and based on that know a little more their interests. Based on this, we design successful strategies to recommend to our customers new products that are coming to market and that we market. However, although the service is very complete and covers the needs of our company in terms of tools for digital marketing, I think the prices of premium plans are a bit high. Other services offer cheaper packages that offer the same functions. In general, Mailchimp has allowed us to make everything related to marketing through email from our business easier. This software automates a part of the process which has made us save time and raise efficiency levels in terms of making our brand known. The work team quickly became familiar with the tool, which has undoubtedly been a great advantage. Mailchimp came to our hands to make us more prosperous and lucky. Mailchimp also offers a very interesting free version that allows you to reach up to two thousand contacts and that can be used so that those people who have not yet used this tool know a little more about it. In general, it is very easy to use software. I assure you that from the first day you open the application you will feel comfortable handling it because its interface is very intuitive.

avatar
Wilmer Palma, Espanha
04 de Janeiro de 2020
5
A powerful program that will allow you to reach thousands of contacts and conquer new customers

Mailchimp is a very versatile program that has the characteristic of being able to adapt to any type of company, large or small. This service allows you to develop the best and most successful marketing campaigns through email. Mailchimp puts templates at our disposal to give it the professional touch that each of our campaigns requires in addition to making them in the shortest possible time. On the other hand, Mailchimp offers a free version that allows you to reach up to two thousand contacts. It is very good and complete. If you want to expand the number of people to reach a lot more then you can choose between several plans that do not exceed $ 80 per year. Mailchimp really is a great solution.

avatar
anonymus, Venezuela
17 de Novembro de 2019
4
MailChimp Review

I compare this tool with Get response which send a watermark (signature) in each mail, that is advertising them more than it shares my messages… I like the interface. It used to be not as good for the autoresponder, but they fixed it lately (notice if you want to edit a message, you need to pause it first… Why the @$##@$%). Other than that, it works like charm, they have good Q&A and I recommend using them.

avatar
Ariel Cohen, Macedônia
26 de Maio de 2018
5
MailChimp Review

MailChimp is the most optimal newsletter distribution system for www.hecmo.com. It's easy to operate and it's constantly updated, effortlessly improving your productivity and performance. We choose to use MailChimp because of the great balance of features and the reasonable pricing. Also, we are very satisfied with the response from the support team - it seems that the company has the same values as us, and puts the customer above all else.

avatar
sonam, EUA
07 de Julho de 2017
5
MailChimp Review

MailChimp’s robust marketing automation makes sure your emails get to the right people at the right time. Target customers based on behavior, preferences, and previous sales. And when you’re finished, get in-depth reporting insights to make every automated series you send better than the last. By-Hecmo.com

avatar
hecmo.com, EUA
03 de Julho de 2017
5
Compartilhamento familiarCompartilhamento multiusuárioSuporte especializadoBackupSincronização inteligenteSolução pessoalSolução corporativaOpções para equipesPastas offlineHistórico e recuperação de arquivos

Avaliação do Mailchimp: conclusão

Não estou nem um pouco contente em dizer isso sobre qualquer serviço, mas o estado das coisas em 2022 é claro – o Mailchimp não pode ser considerado um bom negócio. É caro, muito fraco, muito cheio de erros e com poucas qualidades redentoras.

Evite-o e procure outras alternativas no mercado. GetResponse e Sendinblue são melhores. Muito melhores. A grande maioria dos serviços são melhores porque simplesmente cumprem o que prometem e estão sempre disponíveis quando você precisa deles. No momento não podemos dizer o mesmo do Mailchimp.

FAQ

O Mailchimp é bom?Eu não chegaria ao ponto de dizer que o Mailchimp é horrível, mas você encontrar coisas bem melhores. Os nossos testes demonstram que não importa qual seja o tamanho de seu orçamento e nem mesmo quão complexas sejam as suas necessidades, sempre existem opções melhores que o Mailchimpare.O que é melhor que o Mailchimp? Eu digo isso sem a menor alegria, mas a maioria das plataformas de e-mail marketing são melhores são melhores. Depois de se inscrever em dezenas de serviços e inclusive testá-los, nossos especialistas concluíram que não há um cenário em que o Mailchimp se saia melhor. Fique à vontade para navegar na nossa lista de serviços ou mesmo somente para dar uma olhada no GetResponse se você tiver um tempinho. O Maillchimp é gratuito?Tecnicamente existe um plano gratuito,  mas esse plano levará horas a fio para ser configurado e ele é tão limitado que será preciso atualizá-lo pagando. Podemos dizer que esse plano é gratuito caso o seu tempo não tenha valor algum e você não estiver atrás de qualidade. Mas se você der valor a seu tempo e gostar de qualidade confira o Sendinblue. Ele tem um plano gratuito que realmente valoriza o seu tempo. O Sendinblue é melhor que o Mailchimp?Sim, em basicamente todos os aspectos. Ambas as plataformas oferecem planos gratuitos, contudo a Sendinblue está quilômetros a frente em termo de recursos, além de ser muito menos limitado. Com relação aos planos pagos a comparação é quase uma piada – Os planos Premium do Sendinblue são extremamente confiáveis, sendo que os do Mailchimp são fracos, cheios de erros e quase desprovidos de suporte.

Ben Sarid Ben Sarid
Ben é um desenvolvedor Web ávido que realmente gosta de mexer com código, seja no back-end ou no front-end. Ele está procurando pelo melhor host do mundo, mas também tenta encontrar tempo para seus outros interesses: quadrinhos, viagens e comida caseira.

Alternativas ao Mailchimp

57469
imageServiço de e-mail marketing #1 para Janeiro 2022

Converta seus leads em VENDAS!

Use templates de e-mail GRÁTIS
e funis de vendas prontos para automatizar
seu fluxo de trabalho e expandir seu negócio