1. Website Planet
  2. >
  3. Blog
  4. >
  5. 6 melhores alternativas ao PayPal – adicione-as à sua loja virtualem 2019

6 melhores alternativas ao PayPal – adicione-as à sua loja virtualem 2019

James Guill
James Guill
69
12 de Agosto de 2019

O PayPal é o rei das carteiras virtuais e o processador de pagamentos mais popular no mundo das empresas online. Em muitas lojas virtuais, esse é o único método de pagamento oferecido. Caso seja uma dessas lojas, você poderá estar correndo riscos desnecessários. Existem inúmeras armadilhas associadas à aceitação de pagamentos exclusivamente via PayPal.

4 motivos para oferecer opções de pagamento diferentes do PayPal

OPayPalé um dos mais antigos métodos de pagamento online, e um dos mais populares, mas existem muitos motivos pelos quais ele não deve ser seu único processador de pagamentos.

  1. Alguns clientes não usam PayPal – por diversos motivos, muitas pessoas não podem ou não querem usar o PayPal. Alguns países proibiram o PayPal, incluindo Bielorrússia, Zimbábue, Burma e muitos países do Oriente Médio. Outras pessoas sofreram experiências negativas com o processador de pagamentos ou tiveram suas contas do PayPal suspensas. Alguns indivíduos mais preocupados com a questão da privacidade, bem como aqueles que confiam pouco na internet, não desejam associar suas contas do PayPal às suas contas bancárias.
  2. As tarifas do PayPal são altas, principalmente as internacionais – quaisquer pagamentos aceitos a partir dos EUA estão sujeitos a uma tarifa de US$0,30 acrescida de 2,9% sobre a venda. Isso significa US$3,20 a cada US$100 em vendas. Se você vende para o exterior, essa tarifa salta para 4,4% acrescida de uma taxa fixa baseada na moeda recebida.
  3. A proteção de pagamentos normalmente atua contra as empresas – qualquer pessoa que já tenha precisado fazer um estorno ou devoluções no PayPal ou na empresa-irmã eBay sabe que a proteção de pagamentos do PayPal costuma favorecer o cliente, em detrimento da empresa. Além disso, o cliente pode levar até seis meses para fazer uma reclamação contra você. Isso acabou gerando muitas fraudes, o que pode custar caro, principalmente às pequenas empresas.
  4. Evite restrições à sua conta – as empresas que usam o PayPal como processador de pagamentos exclusivo correm o risco de ter seus negócios interrompidos, caso o PayPal decida suspender ou encerrar suas contas. O processador de pagamentos é famoso por restringir ou encerrar contas sem aviso prévio, e por motivos absurdos.

Se você pretende adicionar alternativas de pagamento ao seu site ou até mesmo dispensar totalmente o PayPal, confira aqui algumas opções que vale a pena considerar.

Payment Options 01

Stripe

OStripeé uma ótima alternativa ao PayPal que permite aceitar pagamentos a partir de 25 países, incluindo Austrália, Canadá, França, Alemanha, Hong Kong, Estados Unidos, Reino Unido, Espanha e Japão. Embora essa lista seja limitada, ela parece estar crescendo aos poucos. O Stripe permitirá que você receba múltiplas formas de pagamentos, incluindo cartões de crédito. Além disso, todos os pagamentos são otimizados para dispositivos móveis. Você pode receber pagamentos em 100 moedas, o que facilita para clientes internacionais comprarem em sua loja. O único aspecto que deve ser considerado é que as tarifas são semelhantes às do PayPal – 2,9% + US$0,30 por transação.

Nos últimos anos, o Stripe vem se concentrando na expansão global, e seu principal argumento de vendas é a flexibilidade de pagamento. Ele tem sido particularmente revolucionário nos países nórdicos e em países como a Suécia. A Suécia está se tornando uma das primeiras sociedades verdadeiramente “sem dinheiro”. A capacidade de fazer pagamentos no Stripe através de inúmeros métodos eletrônicos permite maior flexibilidade e acesso aos fundos.

Não surpreende o fato de que o Stripe oferece integração via API para uma ampla variedade de criadores de sites, incluindo GoDaddy e Wix. Uma lista com os criadores e plataformas de software compatíveis está disponível no site do Stripe.

Authorize.net

Um dos processadores de pagamentos mais profissionais que você encontrará é o Authorize.net. Seu sistema é bastante popular entre lojas virtuais e possui uma interface intuitiva. Mais de 400.000 comerciantes usam o serviço, e ele oferece suporte 24/7 gratuito. Além disso, ele disponibiliza um app grátis e um swiper grátis para vendas em tempo real. Note que esse serviço custa um pouco mais caro do que algumas das outras opções (US$49 pela configuração e US$25 pelo gateway), portanto, pequenas empresas e/ou quem trabalha com transações menos frequentes podem não se beneficiar desta opção.

Você pode adicionar o Authorize.net em uma ampla variedade de criadores de sites. Há mais de 160 parceiros certificados que permitem a integração com o Authorize.net, incluindo WooCommercee ShopSite.

Dwolla

ODwollaé outro serviço de pagamentos similar ao PayPal, mas com tarifas menores. Os usuários do Dwolla podem fazer pagamentos diretamente a você, bastando apenas compartilhar seus endereços de e-mail ou número de telefone – e, dessa forma, reduzindo o risco de roubo de identidade. A melhor parte do Dwolla é sua tarifa mínima. Vendas abaixo de US$10 são isentas de tarifas. Todas as outras transações incluem uma tarifa de apenas US$0,25, independentemente do valor. Os principais pontos negativos são dois: o Dwolla é restrito somente a clientes dos EUA, e somente é possível vincular sua conta bancária.

O Dwolla é perfeito para pequenas e médias empresas, pois permite o processamento de micropagamentos. Caso possua um site configurado através de serviços como Spotify ouEcwid, você pode adicionar o Dwolla como opção de pagamento.

Skrill

OSkillcresceu e se tornou uma das principais alternativas ao PayPal ao longo dos últimos anos. Com o Skrill, você pode aceitar pagamentos a partir de mais de 200 países e em 40 moedas. A melhor parte são as tarifas de transação. Ele cobra apenas 1% de comissão sobre todos os valores enviados. Isso representa US$1 a cada US$100 em vendas. Entretanto, pelo lado negativo, o serviço de atendimento ao cliente é alegadamente insatisfatório. Além disso, é fundamental observar que suas ferramentas de proteção contra fraudes são semelhantes às do PayPal – já houve relatos de contas congeladas por motivos estranhos. (Porém, não na mesma frequência do que as reclamações ao PayPal pelo mesmo motivo.)

Se você deseja adicionar o Skrill como opção no checkout, ele oferece tanto a opção Quick Checkout quanto Wallet Checkout para sites. Basta fazer o download do programa aplicável e seguir o guia de instalação para adicionar o Skrill à plataforma, incluindo SiteBuilder eWeb.com.

 

Google Wallet

Google Wallet 01

Para lojas baseadas nos EUA, o Google Walleté uma excelente alternativa ao PayPal cuja popularidade continua crescendo. Os clientes podem enviar pagamentos a você diretamente a partir de seus saldos no Google Wallet ou através do uso de suas contas bancárias, cartões de crédito u cartões de débito. E, por ser compatível com todos os dispositivos móveis, ele é um dos melhores métodos de pagamento que pode ser usado em qualquer lugar.

O melhor argumento a favor do Google Wallet são suas tarifas. Há isenção de tarifas, caso os clientes paguem por meio de transferência bancária, cartão de débito ou usando o saldo de suas carteiras. O custo para cartões de crédito é de apenas 2,9% da transação, sem tarifas adicionais inclusas – assim, você pode economizar alguns centavos nas transações com cartão de crédito.

O Google Wallet oferece uma integração simples à maioria das plataformas de web design. Criadores online desde o Site123 até o SimpleSite são suportados.

Payoneer

OPayoneeré mais uma alternativa que está ganhando popularidade global devido à sua especialização em processamento de pagamentos estilo freelancer e por trabalho individual. Ele até mesmo conta com sua própria rede de pagamentos, na qual você pode receber fundos diretamente a partir de milhares de empresas, como Fiverr, Upwork, Airbnbe Wish. Além disso, é possível solicitar pagamentos a partir de clientes e outros membros do Payoneer diretamente. Os fundos podem ser enviados diretamente à sua conta bancária ou ao seu cartão de débito Payoneer Mastercard.

A única questão relativa ao Payoneer é que eles fazem cobranças sobre todas as atividades. Dependendo da forma como recebe pagamentos, você poderá pagar mais do que se fizesse uso do PayPal. Os pagamentos enviados diretamente a partir de outras contas do Payoneer são gratuitos. Caso cobre seus clientes através do Payoneer, você pagará 3% para transações com cartão de crédito, e 1% para cheques eletrônicos.

Quem recebe fundos através da rede de pagamentos do Payoneer pode sofrer tarifas maiores, sendo que cada mercado define sua tarifa. A retirada de fundos para sua conta bancária também inclui uma tarifa. Se você transferir para uma conta bancária em outra moeda, deverá pagar uma tarifa de conversão de 0,5%, além de até 2% de tarifa de transferência sobre o valor total da transação. Caso transfira para uma conta bancária na mesma moeda (USD, EUR e GBP), você pagará uma tarifa de US$1,50.

Uma diferença do Payoneer para os outros processadores é o processo de integração de sua API. Ele não oferece integração automática ou ferramenta para download. Em vez disso, você precisa entrar em contato direto através do site para solicitar acesso.

Aumente suas vendas – ofereça alternativas ao PayPal

A maioria de nós já ouviu falar que jamais devemos deixar todos os nossos ovos em uma única cesta, e isso é especialmente verdade para lojas virtuais. Diversos problemas podem surgir se você usar apenas o PayPal para processar pagamentos. Primeiro, você exclui sua loja como opção para todos aqueles que não usam o PayPal. Além disso, as tarifas cobradas pelo PayPal, principalmente sobre pagamentos internacionais, pode fazer com que seus produtos também fiquem caros.

O que acontece se o PayPal decidir restringir ou até mesmo encerrar sua conta? Você não apenas perderá a capacidade de aceitar pagamentos, como também perderá acesso aos fundos atualmente recebidos. Às vezes, esses fundos não podem ser recuperados.

Ao oferecer diversas opções de pagamento, você abre seu site para uma base de clientes mais ampla. Opções de pagamento que oferecem tarifas menores a clientes internacionais ou aceitam diversas moedas facilitam sua expansão global.

Além disso, muitas pessoas possuem fundos espalhados por diversas contas. Por exemplo, freelancers podem receber o grosso de seus fundos via Payoneer, enquanto outros podem dispor da maior parte de seu dinheiro no Google Wallet. Oferecer essas opções facilita para os clientes movimentarem dinheiro e usá-lo para comprar produtos, o que gera mais vendas.

Adotar diversos processadores de pagamentos é uma medida inteligente. Recomendamos disponibilizar, no mínimo, três processadores diferentes para oferecer a seus clientes mais flexibilidade durante a compra – e para que você consiga cobrir todos os seus mercados-alvo e fornecer opções adicionais de pagamentoa seus clientes. Em última instância, essa providência elevará suas vendas, pois você aumentará a conveniência dos clientes na hora de pagar por suas compras.

69 palmas
Aplauda o post se você o achou útil!

Posts relacionados

Mostrar mais posts relacionados

Algum comentário?

0 de no mínimo 100 caracteres
Campo Obrigatório Maximal length of comment is equal 80000 chars Comprimento mínimo do comentário é 100 caracteres

Nós analisamos todos os comentários de usuários dentro de 48 horas, para garantir que eles sejam provenientes de pessoas reais como você. Estamos felizes que tenha achado este artigo útil - ficaríamos agradecidos se você o compartilhasse com outras pessoas.

Compartilhe este post com amigos e colegas de trabalho agora mesmo:

Temos certeza de que ela será útil para outros usuários. Nossa equipe irá verificar a avaliação e aprová-la em.

Uma vez por mês, você receberá dicas, truques e dicas interessantes e perspicazes para melhorar o desempenho de seu site e alcançar suas metas de marketing digital!

Que bom que você gostou!

Compartilhe com seus amigos!